Notícias de fato

Jornalismo feito por um time de primeira

Maniqueísmo e Responsabilidade Social

Posted by Tatyana Medeiros em 2 de dezembro de 2009

Por: Vinícius Ferreira

 Infelizmente temos na memória uma fraqueza. A falta de consciência atinge o ápice em situações como a do Governo do Distrito Federal e engendram um sentimento com um pouco de desanimo e revolta na sociedade. O maniqueísmo das mentes não permite espaço para a ponderação. Quando analisá-se um contexto, ainda mais político, tende-se ao radicalismo, com conceitos variantes entre bem ou mau, certo ou errado, honesto ou ladão. O OU por si mesmo é excludente, além do mais, nenhum de nós é totalmente correto ou o contrário disso. Assim também os governos. Não acreditem de maneira alguma que sou chapa-branca e que defendo piamente a versão “panetone” do atual governador. Pretendo ater-me ao paliativo dessa polarização de pensamentos. Para isso, neste próximo ano é preciso que ultrapassemos os interesses políticos-empresariais e votemos conscientes do nosso papel como cidadãos. “Os políticos e as fraldas devem ser mudados frequentemente e pela mesma razão”, Eça de Queiroz.

2 Respostas to “Maniqueísmo e Responsabilidade Social”

  1. Fabiano Lopes said

    Entendo que a situação atual se tornou insustentável, não dá mais para ficarmos apenas assistindo esse espetáculo de administração voltada apenas aos interesses de políticos corruptos, mas como bem disse você Vinícius, temos que ponderar os fatos e ficarmos atentos aos interesses políticos escusos desses escândalos que estão sendo diariamente bombardeados pela mídia. Não adianta escorraçar Arruda e toda sua corja do poder e colocar no lugar alguém igual ou pior. Já estamos ARRUinados não quero ficar orRORIZado com o próximo governo.

    Curtir

  2. Vinícius said

    Estimado Fabiano, fico feliz pela participação, é muito importante. De fato não podemos tirar uma escória e colocar outra no lugar, infelizmente temos esse mal hábito, nosso atual governador já esteve envolvido com escandalos antes e mesmo assim foi eleito. Contudo não nos culpo enquanto cidadãos, porque cada vez mais temos que escolher entre os candidatos pelo critério do menos pior.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: