Notícias de fato

Jornalismo feito por um time de primeira

O Senso Comum

Posted by Tatyana Medeiros em 13 de dezembro de 2009

Por Vinícius

O senso comum é ultrajante. E isso porque deixa encoberto, geralmente, o que é mais importante. O caso do governador do DF traça um exemplo dessa mal escrita situação. Ouvi a seguinte afirmativa em um ônibus – “eu prefiro o Arruda porque pelo menos ele faz alguma coisa”. Essa frase apresenta um conceito já construído em um senso comum. O “porque ele faz alguma coisa” está dizendo que apesar de que todos os políticos roubam (e nós aceitamos) prefere-se o que rouba, mas que em contra partida faça alguma coisa. Com isso, chego a conclusão de que está tão enraizada em nós a idéia de que todo político é ladrão, que fazemos nossas escolhas pensando nisso e aceitamos quase qualquer coisa. Não podemos aceitar alguns tantos como Roriz, Sarney e Arruda e etc. O melhor é que temos o poder de mudar (ou tentar), o pior é que não o fazemos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: