Notícias de fato

Jornalismo feito por um time de primeira

Tentando entender as mulheres

Posted by Vinícius Ferreira em 6 de março de 2010

Por Vinícius Ferreira

Como é difícil conhecer uma mulher, tentar entendê-la é quase impossível, exige um esforço intelectual e emocional muito complicado de ser alcançado por nós homens. Não digo isso para afirmar que as mulheres são assim tão difíceis de compreender, mas sim que os homens apenas não têm essa capacidade.

O homem sempre foi considerado o mais frio e duro em relação ao amor e as mulheres as mais sensíveis. Mas ao que me parece, essa coisa está mudando. A banalização do relacionamento (que se tornou diversão) atingiu os homens e principalmente as mulheres.

Esses homens já tinham nessa prática a fuga para seus desejos mais insanos, que se tornaram incontroláveis no decorrer da humanidade, mas as mulheres descobriram que também tinham o direito (e porque não ter, somos todos iguais), o problema é que quiseram essa mesma prática desprezível dos homens.

As mulheres conquistaram o direito de trabalhar, estudar, votar, entre outros. Se por um lado estão independentes por outro, se prendem mais e mais. É a moda. Ela acaba coma liberdade feminina e a deixa seduzida por um único padrão de beleza, ou melhor, de aparente beleza desprovida de intelecto.

Chapinha no cabelo, corpo modelado em academia, unhas feitas e pintadas, maquiagens das mais diversas, lentes de contato, silicone em partes do corpo e leitura de revistas de fofoca (celebridades) e moda. É esse o padrão estimulado e que muitas mulheres são presas sem perceber.

Esse padrão de mulher magra com cabelo liso e toda arrumada está tão enraizado que as que não se arrumam se sentem mau, feias, gordas. Essa dicotomia é pertinente a essa discussão para tentar entender a mulher, que quer ser o mais independente possível e se prende por tão pouco, por meia dúzia de estereótipos midiáticos.

Homem gosta mesmo é de mulher de verdade, daquelas que romperam as barreiras ideológicas sem perderem a razão de ser. Essas mulheres estão cada vez mais difíceis de encontrar. Um viva para aquelas que fogem da alienação da beleza superficial.

Que o dia da mlher seja de reflexão, de liberdade, de consciência. Que esta segunda seja melhor do que a passada, em todos os níveis e que mulheres e homens sejam livres, mas conscientes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: