Notícias de fato

Jornalismo feito por um time de primeira

DF: dengue aumenta 1.917,6% nos três primeiros meses de 2010

Posted by Vinícius Ferreira em 31 de março de 2010

fonte: combateadengue.com.br

São 5.732 casos suspeitos de dengue, com 2.744 confirmados do início do ano até o final de março. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal (DF) está semana. Em relação ao mesmo período do ano passado, o aumento dos casos notificados foi de 801,3%. Já em relação aos casos confirmados, foi de 1.917,6%.

Segundo o balanço, em 2009 nesse mesmo período, 70 casos foram confirmados e 636 foram noticiados. Esse ano, sete pessoas já morreram por causa da dengue e outras quatro mortes estão sob investigação. As cidades que registraram mais casos até agora são: Asa Norte, com 636, Planaltina, com 576 e Itapoã, com 262.

No Sul do Brasil

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul (RS) informou ontem (30) que 3.345 casos de dengue foram notificados desde o início do ano até o final do mês de março. O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS) constatou que a maioria das notificações ocorreram no município de Ijuí localizado no noroeste do estado, a 395 km da capital Porto Alegre. Ao todo a cidade registrou 2693 casos de dengue.

O diretor do CEVS, Francisco Paes, disse que a dengue no estado está sob controle e que as medidas de combate ao mosquito Aedes aegypti estão sendo efetuadas. Segundo ele, o calor e chuva intensos contribuíram para o aumento da proliferação do mosquito, não só no estado, mas em vários outros também.

“Com o surto de dengue, passamos a combater o Aedes aegypti adulto com inseticida, além das larvas, que normalmente já temos controle. As secretarias de saúde municipais intensificaram o combate com mutirões de limpeza, combate aos criadores e campanhas de mídia, além do exército também nos ajudar”.

Segundo Francisco Paes, as ações de combate à dengue estão concentradas em cinco municípios do estado que tiveram mais notificações da doença: Ijuí, Santa Rosa, Santo Ângelo, Três de maio e Crissiumal. O diretor destaca que não houve nenhuma morte por causa da dengue no estado.

De acordo com a CEVS, o estado trabalha com número de casos notificados porque não é possível ter o controle de todos os casos confirmados. “Os exames são feitos, mas os resultados, muitas vezes, são obtidos depois que o paciente já melhorou”, afirmou o diretor do CEVS.

Em 2008 o Rio Grande do Sul registrou 788 casos de dengue, já em 2009 foram apenas 252 confirmações da doença.

Fique ligado

A dengue é uma doença infecciosa transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti. O quadro clínico é amplo, apresentando desde uma síndrome febril inespecífica até quadros graves como hemorragia, choque e às vezes óbito.

Confira os sintomas da doença:

Dengue clássica:

– Febre alta com duração de 2 a 7 dias
– Dor de Cabeça
– Dor no corpo e nas juntas
– Dor atrás dos olhos
– Manchas vermelhas pelo corpo

Quem tem diagnóstico de dengue deve ficar atento ao surgimento dos sintomas abaixo. Caso apareçam, procure imediatamente um médico:

– Dores na barriga fortes e contínuas

– Vômitos persistentes

– Sangramento pelo nariz, boca e gengivas

– Sede excessiva e boca seca

fonte: www.combatadengue.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: