Notícias de fato

Jornalismo feito por um time de primeira

Tradição: Mercadão do Núcleo Bandeirante

Posted by Da Redação em 14 de abril de 2010

Por Graciliano Cândido, Especial Brasília 50 anos

Mateus Moura é pioneiro no Mercadão (Foto Graciliano Cândido)

Quando foi criado, tinha o objetivo de atender toda a população do Núcleo Bandeirante e cidades vizinhas. Hoje, com a concorrência das grandes redes de supermercados é mantido pela tradição e variedade dos produtos. Confecções, utensílios para o lar, armarinho, brinquedos, grãos, açougues, restaurantes que chamam a atenção de quem visita o espaço.

O comerciante Mateus Moura, 63, trabalha no Mercadão desde 1971 vendendo roupas e calçados e lembra que antigamente o movimento era bem maior. “Na época, só tinha a feira da Ceilândia e do Guará”, recorda o comerciante. Mateus diz que os shoppings tiraram os clientes do espaço, mas nem por isso ele desanima de trabalhar no local. “O que eu vendo aqui dá para sobreviver”, afirma. Ele conta orgulhoso que a partir do trabalho desempenhado em sua banca conseguiu formar três filhas e todas com curso superior. “Esse é meu maior presente”, completa.

Em cada banca que se passa nos dois pavimentos tem algo diferente. É raro ver alguém sair do Mercadão sem uma sacola na mão. A explicação para isso Manoel Gonçalves, 48, sabe muito bem. “Tem que ter variedade e bom atendimento para conquistar o cliente”, destaca o comerciante cearense e ele ainda acrescenta dizendo que os preços dos produtos são muito atrativos.

Os restaurantes são o ponto de encontro de diversas famílias. A maioria oriunda da região nordestina. Comida dessa região é o que não falta: rabada, buchada, mocotó, feijoada. No horário do almoço, falta cadeira e mesas para abrigar tanta gente que gosta de desfrutar a gastronomia nordestina.

Osvaldo não troca o cabelereiro (Wanderley) por nada(Foto Graciliano Cândido)

Para quem pretende dar uma melhorada no visual, o Mercadão conta com seis salões de beleza. O aposentado Osvaldo Müller, 55, morador de Águas Claras prefere que o seu cabelereiro Wanderley sempre faça o trabalho. “Ele corta o meu cabelo muito bem. Uma vez estava viajando e tiver que cortar o cabelo em outro lugar, mas não me agradou, quando cheguei a Brasília, fui logo consertar o corte”, declara o aposentado que vai ao salão uma vez por mês.

A fama de Wanderley dos Santos é mais que merecida, ele exerce a profissão há 15 anos. “Vim morar em Brasília e meus tios sugeriram para eu fazer o curso. Fiz e gostei da função”, afirma o baiano contente por agradar os clientes.

Novidades

O mercadão passa por mudanças atualmente. Nos últimos oito meses recebeu um novo síndico que pretende melhorar o visual do local para atrair mais consumidores. Cezar de Castro, 36, fez reuniões com os cerca de cem condôminos  que trabalham no local e definiu uma nova taxa de condomínio. Com isso, segundo ele, terá mais recursos para revitalização do prédio.

O síndico concorda que a concorrência é uma das maiores dificuldades que os comerciantes enfrentam atualmente, mas ele acredita que desde que o local seja mais agradável mais pessoas freqüentarão o famoso Mercadão. Está prevista para os próximos meses a reforma nos banheiros e uma nova pintura no prédio para valorizar a fachada. “O Mercadão, mantém vivo a tradição do povo nordestino”, destaca Cezar.

Tem história

O Mercadão é o ponto comercial mais antigo do Distrito Federal, traz as origens da cidade do Núcleo Bandeirante, desde a sua construção, meados da década de 60. (Clique aqui e veja o conteúdo especial dos 50 anos de Brasília). Recebeu primeiramente o nome de Diamantina e Alvorada, foi oficialmente fundado em 1974, onde carrega o mesmo nome até hoje de Mercado do Núcleo Bandeirante. Situado em ponto estratégico, em frente à Administração Regional, recebe pessoas de todas as cidades do Distrito Federal. Nos fins de semana, o local chega a receber cerca de 8 mil pessoas.

Funcionamento: de segunda à sábado das 08hs às 20hs, nos domingos das 08hs às 13hs.

Uma resposta to “Tradição: Mercadão do Núcleo Bandeirante”

  1. […] Tradição: Mercadão do Núcleo Bandeirante […]

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: