Notícias de fato

Jornalismo feito por um time de primeira

Brasília: sinônimo de modernização

Posted by Vinícius Ferreira em 20 de abril de 2010

Leonardo Barreto analisa a Política (Foto: Graciliano Cândido/NF)

Por Equipe Notícias de Fato, Especial Brasília 50 anos

O raro traço de planejamento com que Brasília foi construída é um marco na história do Brasil, mas mesmo assim, não evitou que velhos dilemas enfrentados desde o início da República brasileira aparecessem, como por exemplo, a desigualdade / exclusão social. Confira aqui uma entrevista especial – Brasília 50 anos –  com o cientista político e professor da UnB, Leonardo Barreto e entenda um pouco mais sobre a história da nossa capital.
Equipe NF – Brasília representou uma mudança de pensamento nacional?

Brasília tem um sentido simbólico de deixar um passado pesado para trás e isso tá expresso na sua arquitetura, altamente modernista, no seu planejamento, na ideia de alocar pessoas ligadas as decisões do governo morando lado a lado com operários, então Brasília tinha que ser um modelo para o resto do país, em que irradiaria a ideia de modernismo, a ideia de um país que dá certo, de um país que a partir dali estava começando uma nova história. A Brasília foi construída para ser o símbolo desse processo de mudança.

Equipe NF – Quais pontos são positivos no governo Juscelino Kubitschek (JK)?

JK é um marco na história do Brasil. Acredito que a partir dele conseguimos vencer uma coisa que o Nelson Rodrigues dizia, o complexo de vira-latas, a ideia de que o Brasil não servia para indústria, não cresceria um país moderno, a ideia de que o Brasil não teria condições, nem capacidade de construir coisas originais. Ele trabalhou a auto estima dos brasileiros.

Equipe NF – Quais negativos na construção da nova capital?

O ponto negativo, é que quando Brasília é construída, o sonho em algum momento tem que se encontrar com a realidade, todo esforço de modernização de JK tem um papel importante, mas existem pontos de atraso no Brasil e situações difíceis de serem resolvidas.Como por exeomplo, as pessoas que vieram trabalhar na construção de Brasília e que não estavam previstas no plano original. Elas constituíram periferias muito pobres ao redor da capital e criou-se um fosso de exclusão muito grande entre as cidades satélites e o plano piloto. Quando Brasília se encontra com a realidade esse sonho se distorce, os problemas se impõem e a gente percebe que existiam muitas coisas para serem resolvidas.

Equipe NF – Atribuem-se muitas das dívidas brasileiras no exterior à construção de Brasília, isso de fato se confirma?

As dívidas não tinham como serem evitadas. A ideia era que o Brasil precisava superar essas condições de atraso custe o que custar. Brasília foi idealizada com essa ideia de modernização, mas os sonhos sempre têm o problema da realidade, mas não se pode colocar culpa das diversas crises políticas-financeiras desses 50 anos em Brasília. A crise financeira do Brasil não pode ser colocada na conta de Brasília.

Equipe NF – Qual a importância da transferência de capital, o que isso representou?

Acho que tem uma revolução por completo, é claro que para o Rio, isso foi muito ruim, o Rio até hoje não se recuperou do processo de decadência que começa com a transferência da capital para Brasília. Por outro lado, foi bom porque interiorizou o desenvolvimento no Brasil. Brasília se tornou o principal ponto de ligação entre o Sul e a região Norte. A Belém-Brasília permitiu que cidades fossem construídas onde não existia nada. Teve a possibilidade de construir capitais modernas como Goiânia, Cuiabá,Campo Grande, a partir de Brasília.Esse foi o ponto ppositivo, a interiorização do desenvolvimento no Brasil, houve uma descentralização das regiões sul e sudeste. Brasília iniciou esse processo.

Equipe NF – Qual recado você deixaria nessa data?

Seria muito bom se todos, como JK, tivessem essa ousadia de inovar, fazer as coisas, as vezes até ignorando os custos, por um ideal maior, como o de modernização. Se isso tivesse vivo em cada um dos brasileiros, a nação teria muito a ganhar. Precisamos reavivar o espirito do JK, essa é a nossa grande missão nessas comemoração de 50 anos.

Anúncios

Uma resposta to “Brasília: sinônimo de modernização”

  1. Glaucia said

    Sempre ouvi falar sobre Brasilia como um estado planejado, realmente na questão de ter sido sim bem planejada, desenhada da maneira que era para ser. Seria como se fosse um sonho uma cidade assim, mas não acontece dessa maneira… em qualquer lugar tem problemas urbanos,e tudo mais.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: