Notícias de fato

Jornalismo feito por um time de primeira

Puxando o freio

Posted by Da Redação em 1 de março de 2011

Por Graciliano Cândido

Depois de assumir a Presidência da República e ver a real situação econômica do país, a presidente Dilma Rousseff resolve pisar fundo no freio da economia. Ontem, ela anunciou cortes no valor de R$ 50 milhões. As medidas afetam vários setores da economia, principalmente o seu filho, o PAC (Programa de Avaliação do Crescimento), além do Programa Minha Casa Minha Vida, que sofreu alterações para as pessoas que desejam realizar o sonho da casa própria.

Se tratando de concursos públicos, há, os famosos concursos, que pessoas dedicam anos e anos, até mudam de estados para conseguir se tornar um funcionário público e ter a tão sonhada estabilidade no emprego e um salário merecido ao cargo que exerce. Pois é, ontem foi anunciado que TODOS os concursos serão prorrogados para o próximo ano (2012), bom para aqueles que ainda não estão preparados, pois ainda tem um tempinho para se dedicar e ruim para quem vem aguardando os editais há anos.

Mas para que a máquina pública funcione perfeitamente, é necessário que pessoas atuem nela, para isso, como não haverá concursados para ocupar esse papel, chega a hora da farra dos comissionados, que ganham muito bem, e “passam” pelo trabalho para ver se tem alguma atividade para fazer ou a volta das empresas terceirizadas, com contratos bilionários pagando uma miséria para os trabalhadores que dispõem do seu labor. Vale destacar uma empresa que tem contrato com o Governo Federal (Ministério da Saúde e das Cidades) que há praticamente dois meses não paga um centavo sequer para seus colaboradores. Essa empresa chamada de Orion, com sede em Brasília, está aí, livre, leve e solta e nenhum dos proprietários ricos tiveram bloqueios dos bens.

Então, sem concursos qual a melhor solução? A farra dos comissionados com cargos de chefias para onerar cada vez mais os cofres públicos ou escolher pela terceirização dos serviços com contratos milionários com empresas e muitas delas duvidosas, apadrinhadas por políticos?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: