Notícias de fato

Jornalismo feito por um time de primeira

Posts Tagged ‘Terremoto no Haiti’

Profissionais se juntam em favor das vítimas no Haiti

Posted by Da Redação em 3 de fevereiro de 2010

Folder da campanha: Imagem divulgação

As maiores academias e os melhores profissionais de Dança de Salão do Distrito Federal juntaram esforços com o Grupo de Comédias Bando Cênico, tendo o apoio da Secretaria de Cultura do DF, de bandas, músicos e produtores locais, para promover dois grandes eventos:

04/02 (quinta-feira), às 20h, na Sala Villa Lobos do Teatro Nacional

Apresentação de 18 grupos e academias de dança de salão e do Grupo de Comédia Bando Cênico;

06/02 (sábado), às 21h, no Clube ASCADE (SCES Trecho 2 Lote 18)

Baile Beneficente, com:

– BANDA COISA NOSSA,

– FORRÓ LUNAR,

– OS MOCAMBOS,

– Roda de Samba com CÁSSIA PORTUGAL e convidados,

– DJs Djane Dahan (melhor DJ do Brasil, pela Rede Globo), Lúcio Bala e Elyvio Blower

Ingressos:  contribuição voluntária para as vítimas do Haiti, a partir de R$ 20,00 (vinte reais) para cada evento.

Depósito individual nas contas:

– SOS Haiti:  Banco do Brasil, ag. 1606-3, c/c 91.000-7; ou

– PNUD Haiti:  Caixa Econômica Federal, ag. 0647, op. 003, C/P: 600-1

Troque o seu comprovante de depósito pelo ingresso ao espetáculo do dia 04 de fevereiro nas bilheterias do Teatro Nacional no dia do evento, a partir das 9h da manhã.

Troque o seu comprovante de depósito pelo ingresso ao baile do dia 6 de fevereiro (sábado) no Salão Gloss Hair Color by Polly, na CLS 104 Bloco B, loja 29, nos dias 05 e 06 de fevereiro, das 9h às 19h.

PARTICIPE, COMPAREÇA, DIVULGUE!  Para nós, duas noites de diversão inesquecíveis.  Para nossos irmãos, um alento de esperança.

Anúncios

Posted in Cidades | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »

Falemos de outras coisas

Posted by Da Redação em 23 de janeiro de 2010

Por Vinícius Ferreira

Falemos de coisas boas. De assuntos que nos dêem esperança, paz e alegria de viver. Momentos de reflexão são necessários, mas vejo que eles já foram mais do que suficientes nesse caso Haiti.

Estamos no mundo da informação. Informamos-nos por meio dos meios de comunicação o dia inteiro, mas no final chegamos a alguma reflexão? O que essa informação resultou? Qual foi a diferença de sabermos do terremoto no Haiti?

É importante sabermos para poder ajudar e nos conscientizar, por isso, a imprensa tem esse papel de intermediária. Mas temos uma tendência a sermos atraídos pelas más notícias e é por isso que a imprensa explora esse tipo de conteúdo até a última possibilidade.

O Jornal Nacional falou uma semana sem parar do Haiti, até que cansou. Não quero entrar nos méritos de quem escolheu parar e por que, ou com que julgamento, mas quero agradecer, porque na noite de segunda-feira milhares de pessoas não comparam o sofrimento de um país.

Acho que ninguém merece ter sua dor explorada, vendida a milhares de pessoas. E quem compra isso? Nós. Os que escrevem, que lêem, os que, já com quase duas semanas, ligam a TV para acompanhar o Haiti e os que não reclamam dessa cobertura.

Se a imprensa continua falando é porque ainda enxerga (ou pensa que enxerga) interesse social. Deixo meu desabafo e repúdio (não ausente de culpa) a esse tipo de cobertura. Como um outro blogueiro diz: vida que segue!

Posted in Artigos | Etiquetado: , | Leave a Comment »